Cidades Destaques

“Está na hora de estabelecer um novo sistema de transporte, de tecnologia elevada para Manaus”, diz prefeito

Outro avanço apontado pelo prefeito foi a organização do comércio ambulante no Centro da cidade, com a construção das galerias populares- foto: Alex Pazuello/Semcom
Redação
Postado por Redação

Dando largada aos trabalhos da 17ª Legislatura da Câmara Municipal de Manaus (CMM), o prefeito Arthur Virgílio Neto fez, nesta segunda-feira (6) a leitura de sua mensagem anual, destacando os avanços alcançados, mesmo em um período de forte crise econômica e de escassez de recursos. Durante a leitura, Arthur voltou a defender que a capital precisa de um sistema eficiente que contemple todos os requisitos de mobilidade.


Desde que tomou posse para este novo mandato, o prefeito Arthur Virgílio Neto tem apontado a implantação do BRT como carro chefe de sua gestão ao lado de Marcos Rotta, que será o responsável por coordenar os trabalhos que elevarão o Sistema de Transporte Coletivo de Manaus a outro patamar.

“Nosso dever é melhorar as condições do sistema tradicional, um tanto exaurido, que aí está. Mas está na hora de se estabelecer um novo sistema de transporte, de tecnologia elevada e que já está sendo preparado para a cidade de Manaus. O Bus Rapid Transit (BRT), ou simplesmente Transporte Rápido por Ônibus, é uma opção concreta, sem prejuízo de outros modais complementares”, explicou Arthur Neto.

Ainda segundo o prefeito, outros modais como o Aeromóvel ou VLP – Veículo Leve sobre Pneus – também estão sendo avaliados para funcionar de maneira integrada ao BRT, considerando as melhores oportunidades para Manaus ter o seu sistema próprio, adaptado às possibilidades econômico-financeiras da prefeitura.

Dentre os principais ganhos conquistados no período e que se refletem diretamente na qualidade de vida dos manauaras, segundo o prefeito, está a ampliação da cobertura de saúde pública em Atenção Básica, que saiu de 23% para 60% da população que utiliza o Serviço Único de Saúde (SUS).

Na educação, Manaus saltou do 23º lugar para a 11ª colocação no Índice de Desenvolvimento da Educação Básica (Ideb), realizado pelo Ministério da Educação (MEC).

Com informações da assessoria

Comentários

comentários




Sobre o autor

Redação

Redação

Deixe um comentário

error: Conteúdo protegido!