Esportes

11 atletas mais importantes para o futebol brasileiro e porque eles devem ser lembrados

Foto de Dom Le Roy no Pexels

Pelas habilidades dentro das quatro linhas, muitos jogadores contribuíram para a história do esporte no país, e ficam para sempre na memória e no coração dos torcedores.

No país do futebol, o que não falta são craques bons de bola. Não é à toa que o Brasil é o país que mais exporta jogadores de futebol no mundo!

De acordo com estudo realizado em 2019 pelo Centro Internacional de Estudos Esportivos, órgão ligado à FIFA, o Brasil possui 1.600 jogadores atuando fora do país, com 75% deles em equipes profissionais.

Com habilidades singulares, agilidade e inteligência, muitos craques brasileiros dominaram e dominam as quatro linhas, seja atuando por clubes brasileiros ou internacionais.

Ao longo dos anos, eles contribuíram substancialmente para o futebol brasileiro, mas apenas alguns deles foram capazes de revolucionar a história do esporte e ficar marcados nos corações de muitos torcedores.

Para você que é fanático por futebol, confira a lista que a KTO casa de apostas sobre os jogadores mais importantes do Brasil:

Pelé

É impossível falar de futebol sem falar de Pelé. Edson Arantes do Nascimento é considerado como um dos maiores atletas de todos os tempos.

Pelé foi consagrado como Rei do futebol após os títulos da Seleção Brasileira nas Copas do Mundo de 1958, 1962 e 1970. Além disso, o ex-jogador é o que mais marcou pela Seleção na história, com 77 gols.

Em 2014, Pelé recebeu da FIFA o prêmio de melhor jogador do século XX.

Garrincha

Manoel Francisco dos Santos, o Garrincha, também é considerado como um dos maiores da história, tendo sido fundamental para os títulos mundiais da Seleção Brasileira em 1958 e 1962.

Um fato curioso sobre Garrincha é que ele tinha uma distrofia nas pernas, – a direita era 6 centímetros mais longa que a esquerda – o que lhe rendeu o apelido de “anjo das pernas tortas”. Como sabemos, isso não o impediu de praticar um futebol habilidoso.

Ronaldo Fenômeno

Ronaldo Luís Nazário de Lima, o Fenômeno, não fez sucesso apenas nos gramados brasileiros, tornando-se o melhor centroavante do futebol mundial.

Tendo passado por times internacionais como o Real Madrid e Inter de Milão, Ronaldo foi eleito três vezes o Melhor Jogador do Mundo pela FIFA, em 1996, 1997 e 2002. Ainda no ano de 2002, o ex-atleta foi peça chave no pentacampeonato da Seleção Brasileira.

Zico

Zico foi uma referência no futebol brasileiro dos anos 1980 e é ídolo incondicional do Flamengo, onde também recebeu o apelido de “galinho”, por sua baixa estatura e magreza.

Arthur Antunes Coimbra foi o principal jogador rubro-negro nas conquistas da Libertadores e Mundial de 1981. Mesmo tendo perdido a Copa do Mundo pela Seleção em 1982, Zico é considerado um dos melhores do país.

Ronaldinho Gaúcho

A incrível habilidade de Ronaldo de Assis Moreira dentro de campo é lembrada até hoje por muitos fanáticos do futebol, que chegaram a chamá-lo de Rei do Futebol entre os anos 2005 e 2008.

Ronaldinho Gaúcho teve seus anos dourados jogando pelo Barcelona, na mesma época em que venceu os prêmios de Melhor Jogador do Mundo pela FIFA em 2004 e 2005. Além disso, o craque é o único futebolista da história a ter conquistado a Liga dos Campeões da UEFA, a Libertadores, a Copa do Mundo e a Bola de Ouro da FIFA.

Romário

Romário de Souza Faria é tido como um dos melhores jogadores da história do futebol mundial.

Conhecido como “Baixinho”, pois não era muito alto, Romário é o quarto maior artilheiro da Seleção Brasileira e foi a estrela do Mundial de 1994, angariando o título e recebendo o prêmio de melhor jogador daquele ano.

Sócrates

O papel de Sócrates Brasileiro Sampaio de Souza Vieira de Oliveira, ou simplesmente Sócrates, vai além dos gramados.

Futebolista e médico brasileiro, Sócrates se destacou por sua atuação na militância política dos anos 1980, quando liderou um movimento para a democratização do futebol e participou das Diretas Já.

Em campo, foi reconhecido por seu estilo elegante e pela habilidade com o calcanhar, tendo sido eleito o melhor jogador sul-americano de 1983.

Carlos Alberto Torres

Carlos Alberto Torres, conhecido como o “Capitão do Tri”, é considerado um dos melhores defensores da história do futebol.

Carlos Alberto é até hoje lembrado por ter sido o capitão da Seleção Brasileira de 1970 e por ter sido peça chave na conquista do título mundial.

Jairzinho

Jair Ventura Filho ou Jairzinho é considerado um dos heróis da Copa do Mundo de 1970, sendo até apelidado de “Furacão da Copa” por ter marcado gols em todas as partidas, feito jamais alcançado por outro brasileiro.

Considerado como um dos maiores atacantes de todos os tempos, Jairzinho também atuou no futebol do Olympique de Marseille e é o terceiro maior artilheiro da Seleção Brasileira.

Rivelino

Quando se fala em futebol bonito é impossível não mencionar Roberto Rivelino. O ex-atleta foi pioneiro e rei do drible elástico, contribuindo para a construção do futebol bonito que fez do Brasil uma das maiores nações futebolísticas.

Ele também fez parte da Seleção que atuou na Copa do Mundo de 1970 e levou o tricampeonato.

Neymar

Neymar da Silva Santos Júnior é um dos maiores jogadores da atualidade. Com tão somente 26 anos, já atuou por times como Barcelona e hoje joga pelo Paris Saint Germain.

Seu histórico de títulos incluem Liga dos Campeões, Supercopa da UEFA, Campeonato Espanhol e Libertadores. Além disso, o craque foi protagonista do ouro olímpico em 2016.