Manaus

182 mil pessoas foram atendidas nas unidades de saúde preferenciais para Covid-19

As 22 unidades de saúde da Prefeitura de Manaus, preferenciais para casos suspeitos de síndromes gripais e Covid-19, atenderam 182.281 pessoas nos meses de janeiro e fevereiro deste ano, com consultas médicas e de enfermagem. O número representa uma média de 8.285 usuários por unidade, em 59 dias, ou 140 por dia, considerando o funcionamento em todos os dias da semana. O Serviço Móvel de Atendimento de Urgência e Emergência (SAMU 192 Manaus) registrou 2.918 ocorrências só de casos suspeitos de síndromes gripais ou Covid-19.

Os números são do Departamento de Informação, Controle, Avaliação e Regulação (Dicar), da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) e constam na base de dados e-SUS, sistema do Ministério da Saúde que concentra os dados de atendimentos de todas as cidades brasileiras.

“São números significativos e que indicam a confiança que a população tem nos serviços de saúde que oferecemos gratuitamente. As nossas unidades são a porta de entrada no Sistema Único de Saúde e no caso da Covid-19, quanto mais cedo for feito o diagnóstico, maiores são as chances de não agravamento do quadro clínico. É essa a colaboração que a rede municipal vem dando para que não haja aumento na demanda por leitos hospitalares”, disse o prefeito David Almeida.

Para otimizar o atendimento e reduzir a possibilidade de uma maior disseminação do coronavírus, a prefeitura concentrou o acolhimento a casos suspeitos de síndromes gripais e de Covid-19 em 22 unidades de saúde distribuídas por todas as zonas da cidade, inclusive três unidades móveis que permanecem, em média, 15 dias em cada localidade onde não haja, ainda, cobertura de unidades tradicionais. Juntas, as UBSs móveis realizaram 9.975 atendimentos nesse período.

As UBSs Móveis fazem atendimentos de demanda espontânea das 8h às 17h, com equipe formada por médico, enfermeiro, técnico de enfermagem e auxiliar administrativo. Além delas, outras 18 UBSs e a Clínica da Família Carmen Nicolau estão recebendo os pacientes que possam estar com a doença.

“Os usuários que procuram essas unidades recebem toda a assistência e cuidados necessários para que, nos casos confirmados de Covid-19, não venham a ter as complicações que a doença pode causar. Nosso atendimento abrange todas as etapas, desde a triagem, passando pela consulta médica, exames e medicamentos, caso sejam prescritos, e encaminhamentos para atendimento de média e alta complexidade, quando necessário. O paciente sai da unidade com tudo o que precisa para que inicie logo o tratamento recomendado pelo profissional médico”, destaca a secretária municipal de Saúde interina, Aline Rosa Martins.

A localização das unidades preferenciais para Síndromes Gripais e Covid-19, com dias e horários de funcionamento, pode ser consultada no link https://cutt.ly/BlM960C.