Elas são capazes de imprimir os itens mais variados, indo desde um casco para tartaruga até um carro

Ainda não é comum que as pessoas tenham um impressora 3D em casa, mas pode ser que exista uma delas na sua empresa. Esse tipo de equipamento precisa ser tratado com delicadeza, para que sua vida útil seja aumentada. Aqui falaremos sobre 5 cuidados para ter com uma impressora 3D.

Elas são capazes de imprimir os itens mais variados, indo desde um casco para tartaruga até um carro. As impressoras 3D possuem diversas aplicações e isso deve se tornar uma tendência ao longo os próximos anos e décadas, as pessoas que entenderem desta tecnologia devem se destacar.

1 – A manutenção

Assim como qualquer máquina, a impressora 3D necessita de uma manutenção periódica, para garantir que todo o seu funcionamento aconteça de uma maneira equilibrada, mantendo o bom desempenho do sistema. Por exemplo, a lubrificação, a limpeza do bico, a engrenagem do extrusor e a substituição da superfície de impressão são algumas manutenções importantes.

A lubrificação pode ser feita mensalmente ou sempre que a impressora apresentar chiado. As barras, as guias e os parafusos podem ser lubrificados. Enquanto isso, a limpeza da superfície serve para evitar o acúmulo de resíduos que podem prejudicar a aderência das peças.

2 – Cuide do ambiente de trabalho

É preciso ficar atento para o ambiente em que a impressora 3D estará instalada, para prestar atenção em seus filamentos e cuidados com a manutenção.

Fatores como a temperatura e a umidade do local pode afetar os filamentos. Se o local possui ar condicionado, influenciará principalmente os equipamentos com impressões ABS, já os ambientes úmidos podem fazer com que os filamentos fiquem quebradiços, gerando bolhas e a possibilidade de absorverem umidade.

Se você mora em uma região muito úmida, a impressora 3D precisará de cuidados extras, como por exemplo guardar os filamentos em caixas de sílica e utilizar desumidificadores. Os itens devem ser expostos apenas no momento em que forem utilizados.

Devemos destacar ainda que quando os filamentos ficam expostos, sujeira e poeira do ar podem acumular, fazendo com que o bico da impressora sofra entupimento. Então, não deixe de reservar um espaço especial para os filamentos.

3 – Preste atenção no filamento

Fique atento para o filamento, já que ele pode indicar as condições em que a impressora 3D se encontra. Quando um filamento em más condições é utilizado, é normal que surjam sons de bolhas estourando.

Bolhas podem se formar, sendo resultado da absorção da umidade do ambiente, passando a ocupar o espaço do filamento. Quando as bolhas passam pelo extrusor, acabam estourando e geram falhas, produzindo um produto com defeitos.

4 – Guarde bem o filamento

Já falamos bastante sobre ele e vamos continuar. Quando o filamento é enrolado no carretel, a sua ponta é cortada e travada, impedindo que aconteça um nó. Quando o carretel é guardado com a ponta solta, este problema pode acabar acontecendo. Se você receber um carretel com a ponta solta, poderá acionar o fabricante.

Se o problema aconteceu depois que você utilizou e armazenou, ainda é possível executar uma medida para reduzir os problemas. O nó deverá ser removido completamente, ou então o travamento vai continuar acontecendo na impressora.

A partir disso, crie uma folga para que o nó possa ser desfeito, em seguida ordene as espiras conforme a ordem de preenchimento do carretel, desfaça o nó totalmente, e então enrole novamente o carretel.

5 – Não esqueça de limpar a impressora

Assim como a manutenção, a limpeza também é fundamental para que uma impressora funcione corretamente. Algumas delas deixam restos de plásticos, de impressões antigas, que podem comprometer trabalhos futuros. Desta forma, é recomendada uma limpeza periódica.

Um dos locais mais complicados é o alimentador de filamento, sendo que é interessante abri-lo para fazer a limpeza. Isso pode ser feito com a utilização de um filtro de limpeza específico para isso, ele pode ser baixado de alguns site, de maneira gratuita.

O filtro de limpeza do filamento serve para impedir que a poeira se acumule em determinado local, sendo levada até o extrusor e em seguida para o bico de impressão. Isso pode prejudicar a impressão de determinada peça, comprometendo a sua qualidade.

Tomando este cuidado, assim como os outros, o resultado será aquele planejado lá no modelo 3D.