A partir de amanhã 9 linhas de ônibus deixarão de atender o Centro de Manaus

"A população precisa estar ciente que estas mudanças são necessárias e, com o tempo, irão perceber as melhorias que irão ocorrer, especialmente em relação à redução do tempo das viagens”, contou o superintendente da SMTU- (Foto: Alexandre Fonseca)

A partir desta quarta-feira (16), as linhas de ônibus 216, 306, 307, 317, 321, 330, 430, 444 e 456 deixarão de atender o Terminal da Matriz, Centro, retornando pela Praça da Saudade e passando, novamente, pelo Terminal de Integração 1 (T1), na avenida Constantino Nery, no sentido Centro-bairro.

A medida adotada pela Prefeitura de Manaus, por meio da Superintendência Municipal de Transportes Urbanos (SMTU), pretende dar mais fluidez ao trânsito no centro da cidade, proporcionando ao usuário um ganho de 15 a 20 minutos no tempo de viagens das referidas linhas.

Como opção do T1 para o centro da cidade, os usuários terão 13 linhas sendo sete troncais (ônibus articulados) e seis convencionais, que trafegam pelo corredor exclusivo de ônibus, a Faixa Azul, com intervalos que variam de 4 a 7 minutos.

Nesta terça-feira (15),o superintendente da SMTU Franclides Ribeiro esteve reunido pela manhã, na sede da entidade, no bairro Flores, com representantes de bairros cujas linhas de ônibus terão mudanças em seus itinerários. A reunião também contou com a presença do presidente da Comissão de Transportes da Câmara Municipal de Manaus (CMM), vereador Rosivaldo Cordovil e de empresários do setor.

“A população precisa estar ciente que estas mudanças são necessárias e, com o tempo, irão perceber as melhorias que irão ocorrer, especialmente em relação à redução do tempo das viagens”, frisou Franclides.

Durante o encontro, o superintendente, juntamente com técnicos da SMTU, explicou os motivos das alterações nas linhas, além de destacar os benefícios da medida como diminuição do tempo de viagem e melhoria do trânsito na região do centro comercial. Outro ponto abordado pelo superintendente foi a necessidade de reengenharia do transporte público de Manaus visando a melhoria do serviço.

Com informações da assessoria