Amazonas

‘A polícia será extremamente rigorosa’, afirma SSP-AM sobre onda de violência

foto: divulgação

Um gabinete de crise foi montado para confrontar a onda de violência e vandalismo que se instalou em Manaus e em municípios de interior neste fim de semana, após a morte de um traficante em intervenção policial.

O secretário de Segurança do Amazonas (SSP-AM), coronel Louismar Bonates, afirmou em entrevista agora pela manhã de domingo (6), no Centro Integrado de Comando e Controle (CICC), que a polícia será extremamente rígida com as pessoas responsáveis pelos atos de vandalismos e retaliação.

“A polícia será extremamente rigorosa contra essas pessoas. A população pode ficar despreocupada que a polícia vai para as ruas, dando garantia inclusive aos prédios públicos, triplicando o número de viaturas, de maneira que a população não vai precisar deixar de sair as ruas e fazer suas atividades”, disse Bonates.

Trator da Prefeitura de Manaus é queimado no bairro Compensa – foto: divulgação

A SSP-AM confirmou também que os ataques ao patrimônio público se trata de uma retaliação por conta da morte de um traficante identificado com Dadinho, ocorrida no último sábado, durante confronto entre duas facções rivais, que teve intervenção policial da Rocam e outras forças de segurança.

Além do estrago feito na capital, Bonates afirmou que também foram identificados vandalismos em municípios do interior, como Parintins e Careiro Castanho, mas não foram repassados mais detalhes. Aqui na capital, 17 veículos haviam sido depredados até o início da manhã, sendo sete ônibus incendiados e uma ambulância do Samu roubada, enquanto fazia serviço.

Ainda segundo Bonates, a ordem de vandalismos partiu de dentro dos presídios após a morte de Dadinho. “Quero informar a eles [criminosos] que quem for encontrado dando essa ordem, será solicitado a transferência para presídio federal”, completou o secretário de Segurança do Amazonas.

Em áudio, criminosos ameaçam o sistema público

Portal Manaus Alerta