Economia

Ações da Petrobras sobem após Bolsonaro citar possível privatização

Foto: André Motta de Souza / Agência Petrobras

As ações ordinárias e preferenciais da Petrobras subiram nesta quinta-feira (14) depois de o presidente Jair Bolsonaro (sem partido) afirmar ser favorável à privatização da companhia pública.

Às 10h30, enquanto o Ibovespa, principal índice da Bolsa de Valores de São Paulo (B3), tinha queda de 0,07%, os papéis da estatal aumentavam 1,49% (ordinárias) e 1,42% (preferenciais). Na máxima do dia, as ações chegaram a ter alta de 1,82% e 1,99%, respectivamente.

Mais cedo, durante entrevista a uma rádio evangélica do Recife, em Pernambuco, o chefe do Executivo citou ações do governo federal contra a alta dos combustíveis no país.

“É muito fácil: aumentou a gasolina, culpa do Bolsonaro. Já tenho vontade de privatizar a Petrobras. Tenho vontade. Vou ver com a equipe econômica o que a gente pode fazer. O que acontece? Não posso controlar, melhor direcionar o preço, mas, quando aumenta, a culpa é minha apesar de ter zerado imposto federal”, declarou.

O recente posicionamento do presidente representa uma mudança de opinião com relação ao início do mandato. Num primeiro momento, Bolsonaro não autorizava discutir a capitalização da petroleira, do Banco do Brasil e da Caixa Econômica Federal.

Com informações do Conexão Política