Brasil

Adolescente de 16 anos é vítima de estupro coletivo em Recife

Foto: Reprodução / Google

Uma adolescente de 16 anos foi vítima de um estupro coletivo no último sábado, 24, na orla de Candeias, em Jaboatão dos Guararapes, em Recife. Ela foi violentada por oito homens e compartilhou os momentos de terror através das redes sociais.

De acordo com a vítima, ela, uma amiga e o namorado estavam a caminho da beira da praia quando encontraram um rapaz com quem teria se relacionado algumas vezes. De acordo com a jovem, o homem teria perguntado se a garota queria ficar com o seu amigo. Ela negou. Em seguida, o rapaz questionou se a adolescente ficaria com ele novamente, a garota respondeu que sim. Após a afirmação, a vítima conta que foi puxada até a areia.

“Quando eu cheguei, estava ele, o amigo e mais seis homens e ele perguntou: ‘tu aguenta isso tudinho?’ Eu disse que não. Em seguida ele me mandou ficar de quatro e não tinha como correr porque eram oito pessoas”, relatou a jovem.

Ela também revelou que foi obrigada a fazer sexo oral e anal nos homens. “Eu estava chorando muito e me obrigaram a fazer sexo oral. Eles fizeram sexo anal também, mas não terminaram”, contou.

A vítima informou que já prestou queixa sobre o caso e que aguarda a justiça ser feita. Ela também comunicou que está sofrendo ameaças.

“Eu to me sentindo mal, eu tenho ansiedade e isso piorou bastante a minha situação. Estou correndo atrás porque eu quero que eles paguem o que fizeram comigo. Eu fui humilhada, agredida. Não adianta fazer ameaça porque eu não vou cansar até prender os oito”, declarou.

A mãe da garota também se pronunciou através das redes sociais da filha. “Eu tô me pronunciando porque cada um que fez isso com a minha filha vai pagar. Isso não se faz com mulher nenhuma, vocês nasceram de uma mulher. Eu sou mãe eu to com o coração dilacerado”, desabafou.

A Polícia Civil de Pernambuco afirmou que está investigando o caso e que as apurações seguirão.