(Foto: Divulgação)

A Agência de Fomento do Estado do Amazonas S.A. (Afeam) anunciou, durante a primeira edição do programa “Amazonas Presente”, realizado pelo Governo do Estado na região do baixo Amazonas nesta semana, que tem disponíveis R$ 4,3 milhões em linhas de crédito para os setores do comércio, serviços e agronegócios nos municípios de Parintins, Barreirinha, Boa Vista do Ramos e Nhamundá.

Em Parintins, os recursos disponíveis incluem a Agrovila do Mocambo, Caburi e Vila Amazônia. Na sexta feira (24/05), a Afeam iniciou atendimento ao publico Nhamundá, por meio de posto de atendimento montado na exposição agropecuária do município. Durante a abertura do evento, o governador Wilson Lima anunciou orçamento de R$ 1 milhão para fomentar a economia do município. Em Barreirinha, foram realizados 70 atendimentos durante o programa “Amazonas Presente”.

O diretor presidente da Afeam, Marcos Vinicius Castro, acompanhado da comitiva do governador Wilson Lima, afirmou que o programa “Amazonas Presente” cumpriu o objetivo de estar próximo das pessoas e deixar um legado para os municípios. “Nossas ações de crédito e início de atendimento nos aproximaram ainda mais das pessoas do interior. Estamos deixando aqui recursos financeiros e, principalmente, fomentando os sonhos das pessoas em conquistar o próprio espaço, isso é um governo presente”, disse.

Em Parintins foram R$ 620 mil injetados nesta semana para 112 clientes da Afeam de diversas atividades dos setores do comércio e serviço. O feirante José dos Santos, 68 anos, está no 4º financiamento na Afeam e desta vez vai aproveitar a oportunidade para abastecer o comércio para o Festival Folclórico. “Com o financiamento posso ter o dinheiro em mãos e comprar à vista e estar pronto para atender todo mundo no Festival”, comemorou.

Para demandar crédito, os interessados da capital devem agendar atendimento na sede da Afeam em Manaus. No interior, a Agência segue o calendário de ações que está disponível no site da Afeam (ww.afeam.am.gov.br) ou ainda procurar um dos sete postos de atendimento nos municípios.

*Com informações da assessoria