Cidades

Agentes passam por treinamento para abordagens de alto risco a embarcações

A maioria das ações ocorre em embarcações, onde 98% dos entorpecentes foram apreendidos ano passado, quando o estado bateu recorde de apreensões com 15,8 toneladas- foto: assessoria
Redação
Postado por Redação

Visando o fortalecimento do combate ao crime organizado e ao narcotráfico nos rios do Amazonas, a Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM) está investindo em qualificação da mão de obra de policiais e agentes de Inteligência. Nesta semana, a Secretaria Executivo-Adjunta de Inteligência (Seai) concluiu o curso ‘Operações Ribeirinhas’, que treinou agentes para abordagens de alto risco nos rios do estado. A formação foi realizada em parceria com o 1º Batalhão de Operações Ribeirinhas dos Fuzileiros Navais da Marinha do Brasil.

A capacitação contou com uma equipe de 15 agentes, composta por policiais civis e militares, e incluiu várias técnicas de abordagens de alto risco a embarcações. Técnicas de tiro embarcado, natação utilitária e sobrevivência em área fluvial foram alguns dos tópicos abordados. O treinamento é similar ao aplicado aos fuzileiros navais. O conhecimento vai colaborar com as abordagens às embarcações parte do trabalho de investigação contra o crime organizado e o tráfico de drogas, que utiliza os rios da região para escoar entorpecentes vindos das fronteiras direcionados a Manaus.

As forças de segurança fazem um trabalho de acompanhamento dos grupos criminosos com foco na apreensão de grande quantidade de drogas. A maioria das ações ocorre em embarcações, onde 98% dos entorpecentes foram apreendidos ano passado, quando o estado bateu recorde de apreensões com 15,8 toneladas. O acompanhamento é focado em grupos que enviam drogas para a capital, além dos entorpecentes que passam pelo Amazonas com destino a outros Estados.

Carnaval 2018

Segundo o secretário de Inteligência, Herbert Lopes, os agentes irão aplicar o treinamento também na Operação “Alegoria Proibida”, que está em andamento no estado com foco no combate ao tráfico de drogas para o Carnaval 2018. Lopes disse que há expectativa por novas qualificações em conjunto. No encerramento do curso, o secretário entregou uma placa de agradecimento ao corpo de Fuzileiros Navais.

Este ano, a programação de cursos para o setor de Inteligência será intenso. De janeiro até março, quatro cursos serão realizados pela Seai para o aperfeiçoamento de policiais civis e militares e agentes da Inteligência, com treinamento em todos os Distritos Integrados de Polícia (DIPs) de Manaus. O reforço no programa de qualificações segue a determinação do governador Amazonino Mendes.

Com informações da assessoria

Deixe um comentário