Educação

Alunos de escola da Zona Norte recebem mais de 400 tablets para usar em sala de aula

Os equipamentos são dotados de aplicativos multidisciplinares que possuem conteúdos que podem ser acessados off-line (sem o uso da internet)- foto: Bruno Zanardo/Secom
Redação
Postado por Redação

O Governo do Amazonas está instrumentalizando as escolas da rede estadual da capital e do interior com equipamentos e recursos tecnológicos que auxiliam no processo de ensino e aprendizagem. Hoje foi a vez dos alunos da Escola Estadual de Tempo Integral (EETI) Lecita Fonseca Ramos, na Zona Norte da capital, terem acesso a esses recursos com a entrega de 480 tablets.

Os equipamentos são dotados de aplicativos multidisciplinares que possuem conteúdos que podem ser acessados off-line (sem o uso da internet). Os novos instrumentos vão beneficiar alunos e professores. De acordo com o governador David Almeida, que esteve no local conhecendo a estrutura da escola recém-inaugurada, os alunos estão tendo a oportunidade ímpar no processo de aprendizagem ao terem acesso a estes recursos.

“É o avanço da educação. O que eles vão estudar até o final do ano já está no tablet, incluindo conteúdo em 3D. É um avanço significativo no ensino do Estado e que nós queremos levar para todo o interior, para que nossos alunos possam ter uma melhor formação”, destacou o governador.

Excelência do ensino

Para David Almeida, o aparelhamento das escolas com os recursos tecnológicos aliados à formação do corpo docente eleva a excelência do ensino. O secretário de Estado de Educação, Arone Bentes, defendeu o uso dos aparelhos tecnológicos no contexto educacional, como ferramenta de aprendizagem associada ao conhecimento dos professores.

“É uma evolução que chegou para ficar. Esses instrumentos vão, daqui a pouco, se tornar coisas comuns, mas eles representam hoje a ideia de que o Estado está instrumentalizando e dando o aporte necessário para que se aprenda e que haja um trabalho efetivo e resultados bons na educação desses alunos”, frisou Arone Bentes.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários

Deixe um comentário