AM: pequena Isadora Thury terá tratamento de R$ 12 milhões pago pela União

Foto: Reprodução/Instagram

Depois de uma jornada incansável repleta de campanhas e doações em prol do tratamento de Isadora Thury, que é portadora de Atrofia Muscular Espinhal (AME), finalmente a família da pequena pode comemorar, pois a justiça determinou que o Governo Federal pague o tratamento da menina que custa R$ 12 milhões.

Isadora já completou dois anos, idade a qual precisaria da aplicação do medicamento, mas exames realizados nos Estados Unidos demonstram que, mesmo após essa idade, a aplicação do Zolgensma ainda tem eficácia comprovada.

Nas redes sociais, a mãe da pequena gravou um vídeo de agradecimento pela conquista. “Hoje é um vídeo de festa, alegria, comemoração e, principalmente, de gratidão a Deus e a todos vocês que fizeram parte dessa grande luta pela vida da Isadora”, comemorou.

 

Ver essa foto no Instagram

 

Uhulllll CONSEGUIMOS!!!! Deus é maravilhoso! Vocês são maravilhosos! Continuem conosco !!! O B R I G A D A !!!

Uma publicação compartilhada por Isadora e Enrico Thury 👧🏻👦🏼 (@ameisadorathury) em

Zolgensma

O Zolgensma é um tratamento para crianças com atrofia muscular espinhal (AME), uma doença de origem genética que impede o desenvolvimento adequado dos músculos e que, na sua versão mais grave, costuma causar a morte antes dos dois anos de idade.

Trata-se de um mediamento que faz uma correção no DNA, resolvendo assim a falha genética. É o melhor tratamento que existe no mundo para AME, e o procedimento é feito através uma dose única através de uma infusão na veia criança.

Tratamento no Brasil

No Brasil, o tratamento padrão da AME, é feito com um medicamento chamado Spinraza sendo este também de alto custo e recém-incorporado pelo Sistema Único de Saúde (SUS). O remédio é ministrado por meio de aplicação de seis doses no primeiro ano de tratamento e três doses por ano pelo resto da vida ao custo de 145 mil reais cada dose.

Portal Manaus Alerta