Amazonense desaparece misteriosamente e familiares pedem ajuda para encontrá-la

10141
Parentes da moça informaram que ela saiu para trabalhar e não deu mais notícias - Foto: Reprodução/Arquivo Pessoal

A vendedora Brenda Andrea Matos Moraes, de 27 anos, está desaparecida há mais de 15 dias. Familiares da moça disseram que ela saiu para trabalhar no mês de agosto e, desde lá, não deu mais notícias. A família pede ajuda para localizá-la.

Segundo o irmão da desaparecida, Rodrigo Matos Moraes, de 34 anos, ela viaja a trabalho para outros municípios. “Ela sempre trabalhou externamente fazendo cobrança e com vendas pela empresa, chegando a ficar de 15 a 20 dias fora, mas sempre mantendo contato com a família seja através de ligação, seja através do WhatsApp. Ela nunca deixou de manter contato”, afirmou o industriário.

Ainda conforme os relatos de Rodrigo, a última vez que a família teve notícias de Brenda foi no dia 1º de setembro, quando ela entrou em contato através do Messenger (aplicativo de mensagens do Facebook). “Ela [Brenda] mandou mensagem para a minha esposa por lá, informando que o celular dela havia sido roubado junto com alguns pertences. De lá para cá, essa foi a última vez que soubemos da minha irmã”, disse.

À equipe do Manaus Alerta, o industriário contou que, após a divulgação do desaparecimento de Brenda, um colega dela – que não teve a identidade revelada – entrou em contato para dar uma possível “pista” sobre o paradeiro da vendedora, informando que ela havia entrado em contato com ele no dia 1º de setembro, através de um número de celular com prefixo de Boa Vista.

“Segundo esse colega da Brenda, ela teria entrado em contato com ele para avisar que estaria em Manaus no dia 5 deste mês para comemorarem o aniversário dele. Quando ele questionou sobre o paradeiro dela, ela respondeu que estava em Boa Vista, não muito distante da fronteira”, explicou o irmão da desaparecida. “Depois disso, ainda tentamos ligar e mandar mensagem para esse número com a esperança de conseguir falar com ela, porém, não tivemos mais resposta”, relatou ele.

À reportagem, Rodrigo disse: “Eu e a minha família inteira estamos nos mobilizando para ir até Boa Vista à procura da Brenda. Tenho um amigo jornalista que mora lá e a foto dela já está sendo divulgada nos hospitais e DPs de lá. Também já registramos um B.O. (Boletim de Ocorrência) aqui em Manaus e estamos em busca de alguma informação que possa nos levar a encontrar a minha irmã”, comentou.

Quem tiver qualquer informação sobre o paradeiro da vendedora, entrar em contato pelos telefones: (92) 99269-5444/99334-9750.

Por Narel Desiree

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui