Amazonense é assassinada na Holanda e família pede ajuda para trazer o corpo para Manaus

Foto: Divulgação

A jovem amazonense Alice Vitória Oliveira de Albuquerque, de 15 anos, foi assassinada na última quarta-feira (12), com uma facada na nuca, em Rotterdam, na Holanda. O crime foi supostamente cometido pela amiga da vítima, de 16 anos.

A motivação do crime ainda não é certa, mas, segundo o jornal local, a autora da facada supostamente tinha interesse amoroso com a vítima que não a correspondia. Uma noite antes do crime, elas tiveram uma discussão e no dia seguinte Alice foi atraída para a casa da jovem que desferiu a facada em seu pescoço com a ajuda da mãe.

Uma ambulância chegou a ser acionada para prestar socorro à vítima, mas ela não resistiu. A jovem que cometeu o crime foi presa enquanto a mãe a irmã foram detidas.

Corpo de Alice

A tia da Alice, Edgele de Oliveira Albuquerque, contou para a equipe do Manaus Alerta que a família quer que jovem seja velada e enterrada em Manaus, mas as autoridades locais não querem liberar o corpo para trazê-lo para sua cidade natal.

‘Amigos entraram com pedido, mas até agora não houve resposta. Por ser uma país considerado seguro, eles não querem que a mídia saiba sobre o caso, eles querem abafar’ disse a tia da vítima.

Edgele informou que alguns documentos foram solicitados e entregues, mas ainda assim, o corpo não está sendo liberado. Eles pedem ajuda exigindo resposta do consulado da Holanda para que o corpo seja liberado. ”Nós queremos justiça!” finaliza a tia.

Sobre Alice

Edgele, tia da Alice, conta que a jovem nasceu em Manaus e seu sonho era morar na Holanda com sua mãe. Ela já estava lá há seis meses com toda a sua documentação de nacionalidade.

”Ela estava muito feliz de estar lá. Era o melhor lugar da vida dela! Ela era humilde, simpática, divertida, carismática, amava fazer amizades, dançar… Muito comunicativa e solidária como a mãe”.

Por Portal Manaus Alerta.