Amazonino Mendes apresenta projeto para modernizar as escolas

Amazonino Mendes
Foto: Divulgação

O candidato a prefeito pela Coligação Juntos Podemos Mais, Amazonino Mendes, disse que é preciso construir uma educação alicerçada nas inovações tecnológicas, em Manaus, dotando as escolas de equipamentos que permitam a professores e alunos ter acesso a conteúdos educacionais disponibilizados na web.

Amazonino (PODEMOS) afirmou que o processo de ensinamento não deve se limitar às salas de aula e precisa acompanhar a evolução tecnológica. Ele lembra, por exemplo, das dificuldades enfrentadas por conta da pandemia de Covid-19, em que as escolas tiveram que fechar as portas. “Precisamos estar preparados para oferecer suporte educacional de qualidade aos estudantes, em qualquer situação”, destacou.

Caso seja eleito, Amazonino adiantou que, além de investir em equipamentos tecnológicos para as escolas, a sua proposta prevê chips de celular para estudantes e professores terem acesso a conteúdos educacionais e videoaulas, por meio de aplicativos e sites especializados que vão ajudar a aprimorar o ensino de base. “É necessário criar todas as condições para que o aluno utilize as ferramentas educacionais, sobretudo, os estudantes de baixa renda”, ressaltou o candidato.

Em suas metas de governo, Amazonino Mendes destaca, ainda, a construção de Escolas de Tempo Integral, com alimentação para os alunos e prática de esportes. Assim, disse ele, mães e pais podem trabalhar despreocupados, deixando os filhos em segurança. Também prevê a implantação de laboratórios com aulas de robótica e de ciências.

Se eleito, Amazonino investirá na capacitação de professores e gestores. Na parte de segurança, ele cita a instalação de câmeras nas escolas e o patrulhamento feito pela Guarda Metropolitana.

Amazonino também pretende criar o Programa Bolsa Infantil, ampliando a oferta de atendimento em creche para as famílias em vulnerabilidade social, por meio de convênios com instituições e entidades. E vai ampliar o Programa Bolsa Universidade e a oferta de ensino bilíngue nas escolas do município.

As informações são da assessoria