Apneia do sono pode ser mais um fator de risco para pacientes com Covid-19

Foto: Divulgação/Juanmonino

Pessoas que sofrem com apneia do sono podem ser incluídas na lista de pacientes de risco para a Covid-19. Segundo um estudo feito pela Universidade de Warwick, no Reino Unido, e publicado no periódico Sleep Medicine Reviews, o risco de morte para quem tem a doença pode aumentar 2,8 vezes depois de sete dias internado em hospital.

A pesquisa revisou dados de 18 estudos científicos sobre o assunto. De acordo com Michelle Miller, responsável pelo levantamento, a Covid-19 aumenta o estresse oxidativo, a inflamação e tem efeitos na estrutura que ajuda a controlar a pressão sanguínea – os três sintomas afetam pessoas que têm apneia do sono.

“Quando se tem indivíduos com mecanismos já afetados, não é surpresa que a Covid-19 os atinja com maior força”, explica a pesquisadora, em entrevista ao Daily Mail.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta