Polícia

Após agressão à criança autista, três novas denúncias são registradas contra fisioterapeuta

Foto: Reprodução

De acordo com o Boletim de Ocorrência (BO), registrado no 22º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no dia 21 de julho deste ano, às 11h10, uma mulher, de 38 anos, compareceu à unidade policial para informar que seu filho, uma criança de 8 anos, foi vítima de maus-tratos, enquanto recebia atendimento em uma clínica médica, localizada no bairro Chapada, zona centro-sul.

Segundo o BO, a noticiante informou que seu filho estava recebendo atendimento especializado na clínica, desde fevereiro deste ano, com uma fisioterapeuta, de 44 anos, e, em certo momento, a genitora começou a suspeitar que a mulher não estava cumprindo com seu dever funcional, ocasião em que requisitou as imagens das sessões médicas e constatou os fatos.

A delegada Juliana Tuma, titular do 22º DIP, informou que, além dessa denúncia mencionada, outras duas foram registradas nesta semana, e, na manhã desta sexta (8), mais um BO foi registrado sobre o caso.

A autoridade policial ressalta que em relação à responsabilização da clínica médica, esta deve ser feita por intermédio da Justiça, em uma ação cível. As partes envolvidas foram chamadas para esclarecimentos na delegacia, e a autora já iniciou a responsabilização pelo crime de maus-tratos.

Segundo Tuma, o procedimento em torno deste caso, já foi concluído e remetido à Justiça. Portanto, mais informações acerca do caso devem ser obtidas com a assessoria do Tribunal de Justiça do Estado do Amazonas (TJAM).

As informações são da assessoria