Após denunciar estupro da filha, mulher é agredida e torturada por membros do tráfico

Foto: Divulgação/PMERJ

Policiais militares do 9º BPM (Rocha Miranda) resgataram na manhã de terça-feira (22), uma mulher e seus seis filhos, que eram mantidos em cárcere privado por traficantes da favela do Muquiço, em Guadalupe, Zona Norte do Rio.

Segundo informações do site Extra, a vítima tinha ido até os criminosos reclamar que sua filha havia sido estuprada. Ela relatou que acabou sendo agredida e torturada e os criminosos a mantiveram em cárcere privado.

Os PMs foram até o Muquiço após terem recebido denúncia sobre o crime. Eles conseguiram resgatar a mulher na Rua Osmar Lins. Com ela, que apresentava ferimentos pela corpo, estavam seus seis filhos, todos menores de idade. A mais velha está grávida de seis meses.

Ainda segundo informações da PM, os traficantes estavam aguardando o aval do chefe do tráfico local, conhecido como Grisalho, para executar a vítima.

Ainda de acordo com o site Extra, a mulher e os filhos vão deixar o Muquiço. Com ajuda dos PMs, a família retirou todos os seus pertences da comunidade. Os policiais militares ajudaram a mulher e seus filhos a retirarem seus pertences da favela. A Subsecretaria de estado de Vitimados do Rio vai prestar auxílio à família.

Após ter sido resgatada, a mulher foi levada para o Hospital Pedro II, em Santa Cruz, na Zona Oeste. O caso foiregistrado na 35ª DP (Campo Grande).