Esportes

Após ouro no Brasileiro de Lançamento de Dardo, amazonense foca em Mundial Sub-20 da modalidade

Com a medalha dourada no Brasileiro, Pedro Henrique encerrou as competições deste ano de forma excepcional- foto: Mauro Neto
Redação
Postado por Redação

Após confirmar o favoritismo e conquistar a medalha de ouro no Campeonato Brasileiro de Lançamento de Dardo Sub-23, em Porto Alegre (RS), no último fim de semana, o amazonense Pedro Henrique Nunes, 18, foca agora na preparação para o Mundial Sub-20 da modalidade, que acontecerá no próximo ano. Natural de Parintins, o atleta, que mora na Vila Olímpica de Manaus, no bairro Dom Pedro, conta com o apoio do Governo do Estado, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel).

Com a medalha dourada no Brasileiro, Pedro Henrique encerrou as competições deste ano de forma excepcional. Ele já havia conquistado ouro no Sul-Americano Sub-20, que foi realizado na Guiana, e no Pan-Americano Sub-20, no Peru. “A conquista no Brasileiro já era esperada pelos resultados que vinha apresentando este ano, agora é focar nos treinos e melhorar minhas marcar para conseguir índice para o Mundial Sub-20, que ocorrerá em junho do próximo ano”, disse o atleta.

Para Margareth Bahia, técnica do atleta, o ouro no Brasileiro foi mais uma etapa de um ano excelente, que Pedro fez, mesmo não conseguindo atingir sua melhor marca. Ainda segundo a treinadora, o atleta já começou sua preparação para 2018, para conseguir índices para o Mundial Sub-20. “Pedro é uma grande esperança para o atletismo do Amazonas, dando possibilidades de treinamento, provavelmente, veremos grandes resultados dele. Porém, temos que ir com calma, pois é um atleta muito jovem e possui pouco treinamento”.

Para a secretária Janaina Chagas, Pedro Henrique é exemplo de dedicação e perseverança. “Pedro é um jovem guerreiro e fico muito feliz em saber que ele é da nossa terra, do nosso Estado. O parabenizo por esse ano espetacular e aproveito para dizer que ele pode continuar contando com o apoio do Governo do Amazonas no próximo ano”, afirmou a titular da Sejel.

Com informações da assessoria

Deixe um comentário