Cidades

Arsam alerta sobre cuidados ao utilizar o hidrômetro para não gerar prejuízos as famílias

Redação...
Postado por Redação...

Para que serve um hidrômetro? Qual a vida útil dele e de quem é a responsabilidade pelo equipamento? Essas e outras curiosidades são esclarecidas pela Agência Reguladora dos Serviços Públicos Concedidos do Amazonas (Arsam), por meio de campanhas educativas, publicações nas redes sociais, divulgação na imprensa e pela Ouvidoria do órgão (0800-280-8585), conforme explica o diretor-presidente da Agência, Walter Cruz.

“A Arsam realiza diversas ações e campanhas como ‘Aprenda a calcular sua conta’, que tem o objetivo de orientar a sociedade sobre o uso racional da água e do hidrômetro, além de esclarecer a relação entre o valor pago e o valor consumido em cada fiscalização domiciliar dos nossos técnicos e engenheiros”, explicou o titular do órgão.

O hidrômetro ou contador de água é um instrumento de medição volumétrica, utilizado em larga escala pelas empresas de saneamento básico para medir o consumo dos clientes, permitindo a emissão das contas com mais precisão de acordo com o volume de água consumido por cada família. Quando o hidrômetro é compreendido e controlado, é possível ajudar os consumidores a ter mais consciência sobre a importância da utilização racional da água, além de evitar vazamentos e desperdícios. Todos os hidrômetros adquiridos pela empresa são criteriosamente avaliados e possuem aprovação de modelo junto ao Instituto Nacional de Metrologia, Qualidade e Tecnologia (Inmetro) e a Associação Brasileira de Normas Técnicas (ABNT).

Responsabilidades – A Manaus Ambiental é a empresa responsável pela instalação do equipamento e deve manter o controle sobre a necessidade de substituição do aparelho por vida útil. No entanto, o que muitos não sabem e pode gerar polêmica é que o cuidado com o hidrômetro contra danos e roubos é de responsabilidade do usuário e o mesmo responderá pelas despesas sempre que ficar demonstrado a falta de proteção e guarda do equipamento.

Para os consumos classificados como residencial ou comercial, a instalação de hidrômetro é feita progressivamente, segundo planejamento técnico da concessionária. A instalação e a manutenção dos hidrômetros e dos dispositivos limitadores de consumo são efetuadas pela concessionária ou terceiros por ela autorizados.

Vantagens – Quando o hidrômetro é instalado se torna possível controlar o consumo, evitando desperdícios e contribuindo para o abastecimento da cidade; ter a possibilidade de confirmação do valor da tarifa e se ela corresponde ao que foi consumido, além da  facilidade na verificação de vazamentos.

Alerta – Cada vez que uma torneira é aberta, o hidrômetro entra imediatamente em ação. É ele que registra a quantidade de água que o usuário consome. Por isso, obrigatoriamente, possui um lacre que não deve ser violado, pois o perfeito estado do lacre assegura que não houve adulteração no marcador.

Comentários

Deixe um comentário