Arthur dispara contra Ricardo Nicolau e Samel: ‘É triste a caça de votos em cima da desgraça da pandemia’

Foto: Reprodução

O atual prefeito de Manaus, Arthur Neto (PSDB) fez duras declarações contra o candidato a prefeito Ricardo Nicolau (PSD) e a empresa da família Nicolau, grupo Samel. Neto afirma em um vídeo publicado em sua página no Facebook, nesta terça-feira (27), em outros palavras, que Ricardo Nicolau estaria “se apropriando” com “fins eleitoreiros” do Hospital de Campanha Municipal Gilberto Novaes.

Arthur faz questão de lembrar em seu pronunciamento que o Hospital foi levantado e posto para funcionar graças a uma parceria público-privada, que envolve entre outras instituições, a Prefeitura de Manaus, o grupo Samel e o Instituto Transire, e após cumprida sua missão foi desativado.

Esta não é a primeira polêmica envolvendo Arthur Neto, Prefeitura de Manaus, a Samel e o HCM Gilberto Novaes. Ainda durante o pico da pandemia de novo coronavírus, em junho, a Samel quis emprestar os equipamentos do hospital para o Estado de Roraima, e por questões de protocolo resultou em impasse junto a Prefeitura de Manaus.

No último dia 20 de outubro, Ricardo Nicolau também foi proibido por decisão da juíza Sanã Nogueira Almendros de Oliveira, coordenadora da Propaganda Eleitoral de citar o nome do HCM Gilberto Novaes em seus atos de campanha, sem que mencione a parceria com a Prefeitura de Manaus.

A juíza acatou as alegações da coligação “Trabalho bom merece continuar”, encabeçada pelo candidato Alfredo Nascimento (PL), de tratar-se de propaganda irregular em virtude de divulgação de fato inverídico, uma vez que a Prefeitura de Manaus, juntamente com outras empresas, teve responsabilidade direta na montagem da estrutura.

Assista ao pronunciamento:

 

Portal Manaus Alerta