Política

Arthur Neto critica título de cidadão do Amazonas dado a Bolsonaro: ‘não vejo motivo’

foto: reprodução/Twitter

O ex-prefeito de Manaus, Arthur Neto, atacou o presidente Jair Bolsonaro, que recebeu o título de Cidadão do Amazonas, nesta sexta-feira (23), em evento que ocorreu em Manaus, para inaugurar segunda etapa do Centro de Convenções Vasco Vasques. Arthur postou no Twitter que Bolsonaro não merecia o título recebido, e que pessoas que realmente merecem podem desanimar em relação à honraria.

“O que fez Bolsonaro, além do negacionismo quanto à gravidade da pandemia, ceifando vidas e oportunidades, para merecer o título de Cidadão Amazonense? Será um médico ou um cientista que fez bem à humanidade? Ou se deve aos seguidos ataques à Zona Franca de Manaus, que já precisa de reformas estruturais profundas?”, indagou Arthur.

E Arthur reafirmou ser contra a concessão do prêmio para o presidente. “É preciso meditar e dar valor às coisas. Porque, ao contrário, perde-se o sentido da homenagem e aquelas pessoas que realmente merecem o título irão se desanimar diante da honraria. Como cidadão, sinto-me à parte desse movimento, porque não vejo motivo algum para proferir o título de Cidadão do Amazonas ao presidente Bolsonaro”, completou Neto.

A rixa entre Arthur e Bolsonaro é antiga e já teve episódio fortes, como quando Bolsonaro chamou Arthur de “bosta”, em uma reunião ministerial no dia 22 de abril de 2020, por conta do então prefeito de Manaus, ter aberto covas coletivas para enterrar as vítimas da covid-19.

 

Da redação – Manaus Alerta