Manaus

Arthur Neto: ‘Passei oito anos como um prefeito que denunciava o crescimento do tráfico na capital’

Foto: Reprodução/Instagram

O ex-prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto manifestou indignação com os ataques que Manaus e algumas locações do interior sofreram durante o fim de semana.

Para o político o Amazonas virou “terra sem lei, sem ordem, sem governo”.

“Passei oito anos como um prefeito que denunciava o crescimento do tráfico na capital e no Estado inteiro. O presidente Bolsonaro deve mandar para cá, imediatamente, a Força Nacional”, disse

Ainda segundo Arthur Neto, o Amazonas vive um estado de anomia, precisamente porque não se sente a presença do governo enfrentando os principais problemas do Estado. “O governador está mais preocupado com o que vai dizer na CPI da Pandemia, não existe governo, estado de anomia puro. Isso precisa acabar”, defendeu o atual presidente do PSDB no Amazonas.

Portal Manaus Alerta