Esportes

Atleta amazonense embarca para treinos em SP e segue para os EUA visando Olimpíadas 2020

Empolgado em treinar em uma das melhores estruturas do mundo, Gil sabe que sua vida terá uma mudança drástica- foto: assessoria/Sejel
Redação
Postado por Redação

Um dos principais nomes do atletismo do Amazonas, Pedro Gil, agora vai mostrar nas pistas de São Paulo e dos Estados Unidos porque se tornou uma das promessas nos 100 e 200 metros rasos.

A conquista de dois campeonatos nacionais e recordes quebrados do paraense radicado em Manaus – que treina e mora na Vila Olímpica da capital amazonense desde 2013 – chamou a atenção do treinador Zequinha Barbosa e, agora, o atleta de 19 anos de idade se prepara para o ciclo olímpico 2020 na terra do presidente Donald Trump. O Governo do Amazonas, via Secretaria de Estado de Juventude, Esporte e Lazer (Sejel), apoia o atleta.

Com o embarque programado para São Paulo, na tarde deste sábado, dia 28, o velocista já inicia o cronograma de treinos a partir da próxima segunda-feira, 30, quando também vai retirar o visto para entrar nos país Norte Americano. A viagem internacional acontece antes do fim da primeira quinzena de fevereiro.

De acordo com o atleta, o convite de treino de uma das referências da modalidade trouxe ânimo para a carreira do atleta. Zequinha é um melhores meio-fundistas do Brasil, além de ter conquistado bronze nos 800m do Mundial de Roma-1987 e prata em Tóquio-1991.

Potência Olímpica

Empolgado em treinar em uma das melhores estruturas do mundo, Gil sabe que sua vida terá uma mudança drástica. “É uma oportunidade que vai mudar minha carreira. É uma oportunidade de vida. Vou estar em uma equipe forte, vou estar em um local que tem uma tecnologia e conhecimento esportivo. Todo mundo sabe que os Estados Unidos é uma potência no atletismo mundial. Acredito que vou me preparar muito bem lá e espero estar nas Olimpíadas 2020”, disse.

Embora o atleta do Centro de Alto Rendimento de Amazônia (CTARA) treine em outro país, o meio-fundista nascido em Marabá, no Pará, vai continuar representando o Amazonas nas competições dentro do Brasil.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários


Deixe um comentário