Ator Johnny Depp perde ação contra jornal que o chamou de espancador de mulheres

Foto: Reprodução/Internet

A ator Johnny Depp perdeu a ação de difamação que moveu contra o jornal britânico The Sun. O artita entou na Justiça após o veículo o chamar de “espancador de mulheres”, por conta das agressões reveladas por sua ex-esposa, a atriz Amber Heard.

O artigo foi publicado no The Sun, em 2018, pelo jornalista Dan Wootton. No texto, o jornal contava as agressões que a atriz Amber Heard relatou. Johnny Depp, então, decidiu processar o News Group Newspapers (NGN).

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta