Destaques Educação

‘Aulão’ do Enem em formato inédito será transmitido no dia 24 de junho

Os “aulões” também são transmitidos pelo Facebook e YouTube, atendendo internautas de todo o Brasil, que interagem com os professores pelas mídias sociais.
Redação
Postado por Redação

A aula do Programa “Amazonas no Enem Sem Fronteiras”, prevista para ser transmitida online no dia 16 de junho, foi transferida para o próximo sábado (24). A transmissão vai contemplar alunos de 245 escolas dos 62 municípios do Estado.

Essa será a oitava aula produzida para auxiliar estudantes que estão se preparando para o Exame Nacional do Ensino Médio (Enem). Para essa edição, a novidade fica por conta do formato de programa de auditório, onde os alunos vão interagir diretamente com a professora Karla Nunes, de química.

As aulas virtuais são produzidas e programadas pelo Centro de Mídias do Amazonas (Cemeam) da Secretaria de Estado de Educação e Qualidade de Ensino (Seduc). O evento, também conhecido por “Cemeam Talk Show”, seleciona as escolas que têm o maior número de participantes no “Aulão” da Seduc, aos sábados.

Alunos do 3º ano do Ensino Médio da Escola Estadual Isaac Swerner vão fazer perguntas, no estúdio, que serão intermediadas e comentadas pelo coordenador do programa Aldemir Malveira. A metodologia, segundo Aldemir, agrega e motiva os alunos, além de tornar as aulas mais interessantes.

‘Aulões’ aos sábados

Os “aulões” vão ao ar todos os sábados, das 9h às 11h30. Ao vivo, cada programa apresenta dois componentes curriculares baseados na matriz de referência do Enem. O objetivo é reforçar a competência e habilidade dos alunos finalistas do ensino médio que irão fazer as provas.

Projeto

O projeto “Amazonas no Enem Sem fronteiras”, conhecido por “Aulões da Seduc”, existe desde 2013. Atualmente, há 160 pontos de recepção, que alcançam um público de mais de 15 mil alunos, entre capital e interior. Só na capital, a média é de 400 alunos espalhados pelos sete polos de Manaus.

Os “aulões” também são transmitidos pelo Facebook e YouTube, atendendo internautas de todo o Brasil, que interagem com os professores pelas mídias sociais.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários

Deixe um comentário