Manaus

Autoridades investigam ameaças de massacre em escolas de Manaus

Foto: Altemar Alcântara / Arquivo Semcom

Desde o último fim de semana, estão circulando na internet mensagens de perfis fazendo ameaças de massacre em duas escolas estaduais de Manaus. A Secretaria de Educação e Desporto (Seduc-AM) e Secretaria de Segurança Pública tomaram conhecimento das ameças e deram início a apuração. Ameaças citam vingança contra bullying.

As ameaças foram feitas para as escolas estaduais Áurea Braga, no bairro Compensa e Tiradentes, localizada no bairro Petrópolis, supostamente marcados para o dia 15 de setembro, quarta-feira. Na mensagem do perfil dirigida para a escola Aurea Braga, o autor afirmou depois que se tratava de uma “pegadinha”.

A Seduc informou por meio de nota que já está investigando as ameaças e que acionou a SSP-AM para cooperar no caso. Uma equipe de policiais militares da 8ª Companhia Interativa Comunitária (Cicom) e de psicólogos da Seduc foram enviados até a escola Áurea Braga para dar apoio. Ainda não houve manifestação sobre a escola Tiradentes.

Crime

A pegadinha pode gerar sérias penalidades para os “brincalhões”. De acordo com o artigo 287 do Código Penal, fazer publicamente, apologia de fato criminoso ou de autor de crime pode levar o autor a uma pena de prisão de três a seis meses, ou multa.

 

Portal Manaus Alerta