Auxílio Emergencial: IBGE aponta crescimento de 44% o percentual de domicílios beneficiados no país

Foto: Divulgação

A Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios (PNAD) Covid-19, do IBGE, aponta que passou de 43% em junho para 44% em julho o percentual de residências que receberam recursos do programa do Governo Federal. São pouco mais de 30 milhões de domicílios, 813 mil a mais que no mês anterior.

Entre as regiões do país, o Norte continua com a maior proporção, agora com pouco mais de 60%. Na sequência aparece o Nordeste, que subiu para 59,5%. No Centro Oeste, o percentual de residências que receberam o Auxílio Emergencial saltou para 42%, no Sudeste foi para 37%, e no Sul, subiu de 29,7% para 31% dos lares.

O estudo do IBGE também mostra que o valor médio do Auxílio Emergencial que chega por domicílio aumenta a cada levantamento mensal. Em julho a média foi de R$ 896 por residência beneficiada, enquanto no mês anterior o valor foi de R$ 885.

As informações são do Brasil 61