Auxílio Emergencial: PF faz ‘Operação Parasitas’ contra saques indevidos

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

A Polícia Federal deflagrou, nesta terça-feira (8), a Operação Parasitas. A ação visa combater fraudes relativas a saques indevidos do auxílio emergencial, com foco na zona sul de São Paulo. A estimativa é de que 45 pessoas de baixa renda tenham sido prejudicadas.

Segundo a polícia, os crimes eram cometidos por uma associação criminosa, que atuava da seguinte forma: agentes públicos com acesso ao CadÚnico eram aliciados pela organização para alterarem os dados de pessoas de baixa renda constantes do referido sistema de cadastramento, em especial, os nomes das mães e endereços.

Após essa fase, os integrantes da associação criminosa ligavam no canal de atendimento da Caixa e solicitavam o encaminhamento dos cartões cidadãos para os endereços fictícios e em comum cadastrados pelos agentes públicos cooptados.

Leia a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta