Barco naufraga com time de futebol em Uganda deixando ao menos nove mortos

Um barco que levava um time de futebol amador do vilarejo de Kaweibanda, localizado no oeste de Uganda, naufragou no Lago Albert e deixou pelo menos nove mortos no domingo. O número de afogamentos pode chegar a 30, já que outras 21 pessoas ainda estão desaparecidas.
De acordo com o comandante da polícia do distrito de Buliisa, John Rutagira, a embarcação também carregava torcedores da equipe e totalizava cerca de 45 pessoas. Até o momento, 15 foram resgatadas com vida.

– Sobrecarregaram o barco. Testemunhas disseram à polícia que a maioria dos passageiros estavam embriagados e sentaram-se de um lado da embarcação, o que causou uma perda de equilíbrio – disse Rutagira ao jornal “Daily Monitor”.

Sobreviventes restados chegam às margens do rio/Foto: AFP

Policiais conduzem o resgate no Lago Albert com a ajuda de pescadores da região. Pelo menos 30 pessoas se afogaram no naufrágio. Nove mortes já foram confirmadas, e 21 pessoas ainda estão desaparecidas.

A embarcação seguia com time e torcedores para o distrito de Hoima, onde haveria uma partida amadora em comemoração do Natal. De acordo com a polícia, 15 pessoas foram resgatadas com vida.

Rutagira disse ter sido informado por testemunhas que o timoneiro do barco e boa parte dos tripulantes já estavam bêbados no início da viagem. Algumas pessoas conseguiram sobreviver nadando até a margem do Lago Albert, que fica na divisa de Uganda com a República Democrática do Congo.(G1/O Globo)