Bebê estuprada em Tefé pode ser transferida para Manaus; estado de saúde preocupa

A bebê de 1 ano foi violentada pelo primo - foto: reprodução

A bebê de apenas um ano que foi estuprada no município de Tefé, no último dia 21 de janeiro, pode ser transferida para Manaus em breve. Após passar pelas primeiras cirurgias de reconstituição dos órgãos, ainda na cidade do interior, o estado de saúde é considerado ruim.

A conselheira tutelar Nazaré Acris, que acompanha o caso de perto, informou ao Manaus Alerta que o quadro clínico da bebê é estável, após realizar os primeiros procedimentos de emergência na cidade de Tefé. Mas há possibilidade de transferência para Manaus, dada a gravidade dos ferimentos.

Entenda o caso

A bebê foi violentada pelo próprio primo um adolescente menor infrator na tarde do dia 21 de janeiro na casa da avó, localizada no bairro São José, em Tefé. Os pais da criança que moram em outra casa colada, haviam saído e deixado a criança dormindo em um quarto na casa da avó, e sobe os cuidados da mesma.

O jovem aproveitou o momento para abusar da criança, logo em seguida fugiu do local.  A criança foi vista primeiro pela avô com bastante sangramento. Já no hospital, a polícia foi acionada e tomou conhecimento do caso.

De acordo com a Polícia Civil de Tefé, o adolescente confessou o ato e já tinha histórico de problemas familiares. O jovem foi entregue para a Promotoria de Justiça competente, para serem tomadas as medidas cabíveis.

Por Manaus Alerta