Beneficiários do BPC tem mais dois meses para se inscreverem no cadastro único do Ministério da Cidadania

Foto: Divulgação

O Ministério da Cidadania ampliou em dois meses o cronograma para que beneficiários do Benefício de Prestação Continuada (BPC) se inscrevam no Cadastro Único. O objetivo é alcançar 244 mil pessoas que estariam nos quatro últimos grupos do calendário original, sendo 110 mil idosos e 134 mil portadores de deficiência. Apesar do número, segundo o Ministério da Cidadania, 93% das pessoas que recebem o BPC já estão cadastradas.

O cadastro é importante para que a família do beneficiário possa ser enquadrada em outros programas sociais do governo federal. Se o cadastro não for feito, o benefício será suspenso.

Durante a emergência em saúde pública, é possível que o recadastramento seja feito por telefone ou pela internet. É tarefa dos municípios organizar esse cadastro e fornecer os canais para que ele seja feito.

As informações são do Brasil 61