‘Boa e honesta’, diz irmão de grávida morta pelo ex que não queria assumir o filho

Myriam e Roberto - fotos: Reprodução

A jovem identificada como Miryan Moraes da Cruz, de 21 anos, que foi brutalmente assassinada com 9 facadas e jogada da ponte, estava prestes a completar quatro meses de gestação. O corpo da vítima foi encontrado na última quinta-feira (16), boiando em um igarapé, localizado na região da Avenida José Romão, na Zona Leste de Manaus. O crime chocou a capital e deixou a população revoltada. O criminoso está foragido.

O açougueiro Eliony Moraes, de 24 anos, irmão da vítima, contou para a equipe do Portal Manaus Alerta que Miryan trabalhava com garçonete, era independente e humilde. ”Minha irmã era uma pessoa alegre, brincalhona, amorosa, era muito conhecida e querida pelas pessoas, por ser uma pessoa boa e honesta”, contou.

Relacionamento com o suspeito

Ainda de acordo com o familiar, a jovem vivia um relacionamento conturbado com Roberto Brito, de 25 anos, apontado pela família como o principal suspeito do crime. Roberto era casado e chegou a passar um final de semana com a família da vítima na casa da mãe dela, em momento em que ele estava brigado com sua cônjuge.

”Ele mostrava ser uma pessoa legal, do bem, brincalhão e trabalhador. Ele era gente como a gente, mas é como diz o ditado: quem vê cara não vê coração”, disse o irmão da vítima.

A família acredita que o fato de Roberto não querer assumir o filho seja o motivo pelo o qual ele tirou a vida da jovem.

”Desde que ele soube da gravidez, não quis assumir o filho, quis que ela tirasse a criança e não quis mais ter nenhum tipo de relacionamento com ela. Miryan se recusou a tirar e deixou claro que iria cria o filho apenas com a nossa ajuda. Se ele não queria a criança, que deixasse ela viva para cuidar. Ele não tirou apenas uma vida, tirou duas.” explicou.

A noite do crime

O irmão da vítima ainda contou que na noite do crime a jovem havia saído para trabalhar por volta das 14h. Na hora em que ela retornou do trabalho, por volta das 22h30, Roberto ligou para Myrian e disse que queria vê-la. Na ocasião, ela estava com um amigo em casa e, logo após a saída dele, Myrian manda mensagem para o mesmo amigo avisando que Roberto estava indo buscá-la.

”Ele veio, ela entrou no carro com ele e, desde lá, nós não tivemos mais notícias. Quando foi pela manhã, ela ainda não tinha retornado. Fomos atrás de Roberto nas redes sociais e ele há havia excluído todas suas contas. Fomos até sua casa e o pai dele disse que ele havia saído para trabalhar. Depois de tudo isso, nosso pai recebeu um vídeo da minha irmã, foi quando reconhecemos o corpo e a roupa que ela estava usando quando saiu de casa.” Explicou Eliony.

Últimas mensagens de Miryan 

No print divulgado, é possível ver a última troca de mensagens com o amigo da vítima que estava acompanhando-a antes que ela saísse com Roberto.

Foto: Divulgação

Procedimentos

A equipe de investigação da DEHS informou que também não encontrou o suspeito no endereço de sua residência e continuará investigando o caso.

O delegado Guilherme Antoniazzi (DEHS), também afirmou que somente a investigação deve apontar a real autoria do crime.

Por Portal Manaus Alerta

🚨aovivo🚨Irmão Miryan Moraes de 21 anos vítima de feminicídio pede justiça.#crime #execução #feminicídio

Posted by Portal Manaus Alerta on Thursday, January 16, 2020

 

🚨aovivo🚨Corpo de Miryan Moraes chega para ser velado.#velório #comoção #comunidade

Posted by Portal Manaus Alerta on Thursday, January 16, 2020