Bolsonaro comenta fala de Arthur sobre lockdown: ‘Ser prefeito não é sentar na cadeira e esperar a banda passar’

Foto: Reprodução

Na tarde desta terça-feira (29), o Presidente da República, Jair Bolsonaro, rebatou e se mostrou contra o posicionamento do prefeito de Manaus, Arthur Virgílio Neto que sugeriu ao governador do Amazonas, Wilson Lima, o lockdown (confinamento obrigatório).

No vídeo, Bolsonaro avalia a postura de Arthur alegando que os representantes precisam tomar mais decisões e não “sentar na cadeira e esperar a banda passar”. “Ser presidente, governador ou prefeito não é sentar na cadeira e esperar a banda passar, tem que tomar decisões”, disse.

“A gente vê agora absurdos, o prefeito lá de Manaus falando que está esperando uma sugestão do governador para decretar lockdown. Ô cara, essa política acabou, eu falei lá em março que estava errada essa política. Está tudo dando certo o que eu falei, não tenho bola de cristal não…Ser presidente, governador ou prefeito não é sentar na cadeira e esperar a banda passar, tem que tomar decisões.”

Confira o vídeo: 

Portal Manaus Alerta