Brasil

Bolsonaro critica cobrança por uso de máscara: ‘Já encheu o saco isso’

Foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/Agência Brasil

Jair Bolsonaro criticou a imprensa nesta quarta-feria (5), durante sua fala sobre a realização de obras no país. Segundo ele, os jornalistas não falam das obras, porque se “preocupam apenas em dizer que ele circula sem máscara”.

“Isso tudo se reflete em coisas boas para o nosso governo e nós, através da mídias sociais, que vai mostrar a ponte, a obra, e não repetir na mesma tecla ‘o presidente estava sem máscara na inauguração’. Já encheu o saco isso, pô”, afirmou Bolsonaro durante a Cerimônia de Abertura da Semana das Comunicações.

Ataque de Jair Bolsonaro à principal de medida de prevenção contra o novo coronavírus ocorre um dia depois da morte do ator e humorista Paulo Gustavo, aos 42 anos, por complicações da Covid-19. Também acontece durante os trabalhos da CPI da COvid, que nesta quarta está ouvindo o depoimento do ex-ministro da Saúde Nelson Teich, que afirmou que deixou o governo porque foi obrigado a prescrever cloroquina.

Durante o mesmo evento, Jair Bolsonaro voltou a atacar a China ao insinuar que o coronavírus teria sido criado em laboratório para uso em uma “guerra química”. “É um vírus novo, ninguém sabe se nasceu em laboratório ou nasceu porque um ser humano ingeriu um animal inadequado. Mas está aí. Os militares sabem que é guerra química, bacteriológica e radiológica. Será que não estamos enfrentando uma nova guerra? Qual o país que mais cresceu seu PIB? Não vou dizer para vocês”, disse. Com informações don site Brasil247.