Bolsonaro tem 40% de aprovação, maior desde o início de 2019, aponta pesquisa

Foto: Marcos Corrêa/PR

A aprovação governo do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) aumentou para 40%, a maior desde março de 2019, no início de seu mandato. O aumento na provação se dá, principalmente, entre as classes mais baixas, para onde grande parte do auxílio emergencial foi destinado. Os números foram divulgados pela pesquisa EXAME/IDEIA divulgada nesta sexta-feira (11).

A última vez que a aprovação do presidente havia sido superior a 40% foi no início de 2019. Os outros 40% dos entrevistados não o aprovam. Esta desaprovação não era tão baixa desde abril de 2020.

Outros 19% nem aprovam nem desaprovam o governo e 1% não souberam opinar. A pesquisa detalhou que a popularidade de Bolsonaro é maior entre as pessoas com menor instrução. Entre as pessoas que não têm ensino fundamental completo, 61% aprovam o governo. Já entre os que têm ensino superior, esse percentual é de 36%.

A pesquisa também questionou sobre o governo federal em geral. Hoje, 35% dos brasileiros consideram o governo ótimo ou bom; outros 35% classificam a gestão como ruim ou péssima; outros 30% avaliam o governo como regular.

As informações são do IG