Cidades

Borba ganhará terminal hidroviário reformado

Atualmente, a obra do complexo hidroviário está recebendo os serviços de montagem da estrutura naval e arruamento do terminal hidroviário- foto: divulgação/Assessoria
Redação
Postado por Redação

O município de Borba, está prestes a ser beneficiado com a reforma do terminal hidroviário, obra que está sendo executada pelo Governo do Amazonas, com fiscalização da Secretaria de Estado de Infraestrutura (Seinfra).

Atualmente, a obra do complexo hidroviário está recebendo os serviços de montagem da estrutura naval e arruamento do terminal hidroviário. A reforma do terminal de passageiros do local já está concluída. Os serviços estão sendo executados pela empresa Quality Construções e Serviços Ltda., e recebe o investimento de R$ 3.445.036. A conclusão do Terminal Hidroviário de Borba tem previsão de entrega para o segundo semestre deste ano.

“Nosso principal meio de transporte no Amazonas são as embarcações. Por isso também é importante dar atenção aos terminais hidroviários, tendo em vista o escoamento da produção e o potencial turístico da região”, destacou o secretário da Seinfra, Oswaldo Said.

Produção

Borba, localizada na calha do Madeira, por exemplo, tem na produção de mamão, limão, maracujá, banana, abacate e laranja a força de sua economia. Borba tem uma população de pouco mais de 40 mil pessoas, sendo que mais de 20 mil residem na zona rural do município, de acordo com dados do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE).

O governo também vem trabalhando para inserir o município na rota e sinalização turística. O centro histórico e o Largo de Santo Antônio de Borba também vêm sendo revitalizados, de acordo com o que foi divulgado pelo vice-prefeito da cidade, Antônio Maia, para o portal do governo, em outubro do ano passado.

Essas medidas irão valorizar ainda mais o entorno da Basílica de Santo Antônio, uma das principais atrações turísticas da cidade. Borba também é um dos 30 municípios do estado que fazem parte do atual mapa turístico do Brasil, divulgado em setembro de 2017 pelo Ministério do Turismo.

Com informações da assessoria

Comentários

Deixe um comentário