Polícia

Borracheiro que estuprou a filha de 6 anos alega que praticava o crime sob efeito de drogas

O pai da criança descobriu o abuso em janeiro passado, quando recebeu a menina em Novas Crixás, durante as férias.
Redação
Postado por Redação

Um borracheiro de 24 anos, foi preso na tarde de ontem (9) em cumprimento a mandado de prisão, pelo estupro cometido contra a própria filha, uma criança de apenas seis anos. O fato ocorreu em Manacapuru.

Segundo informações da delegada Roberta Merly de Menezes, a mãe da criança procurou os policiais civis para formalizar denúncia de estupros praticados pelo criminoso em 2016. Logo em seguida foram iniciadas as investigações em torno do caso.

“A criança relatou que o pai praticava sexo oral nela e esfregava o órgão genital dele nas partes íntimas dela. O suspeito também foi ouvido e, em depoimento, afirmou que é possível ele ter abusado sexualmente da filha. Na ocasião, alegou que é usuário de entorpecentes e que por esse motivo não costumava se lembrar dos atos cometidos”, explicou a delegada.

O borracheiro foi indiciado por estupro de vulnerável. Ao término dos procedimentos cabíveis na unidade policial, ele permanecerá na carceragem da delegacia, à disposição da Justiça.

Com informações da assessoria

Comentários

comentários




Deixe um comentário