Botafogo e Vasco se reencontram para duelo inédito na Copa do Brasil

© Instagram @diariomxm/Direitos Reservados Esportes

Quatro dias após se enfrentarem pela Série A do Campeonato Brasileiro, Botafogo e Vasco fazem novo clássico carioca esta quinta-feira (17), às 19h (horário de Brasília), no Nilton Santos. Agora, pelo jogo de ida da quarta fase da Copa do Brasil. A partida de volta está marcada para a próxima quarta-feira (23), às 21h30, em São Januário.

Em relação à equipe cruz-maltina que venceu o Alvinegro no último domingo (13) por 3 a 2, o principal desfalque será o zagueiro Ricardo Graça, que teve de ser substituído aos seis minutos do segundo tempo devido a dores na coxa esquerda. O jogador não participou do treino recreativo de ontem (16). Além dele e do lateral Neto Borges, as demais ausências foram de atletas que tratam lesões: os volantes Andrey, Juninho e Carlinhos, além do atacante Vinícius.

Sem Ricardo Graça, o técnico Ramon Menezes deverá escalar Miranda, outro zagueiro criado nas categorias de base vascaínas. O provável time terá: Fernando Miguel, Yago Pikachu, Miranda, Leandro Castan e Henrique; Marcos Júnior, Fellipe Bastos e Martín Benítez; Talles Magno, Ygor Catatau (Ribamar) e Germán Cano.

O Botafogo possui uma lista de desfalques considerável, seja por lesão ou pelos atletas ainda não estarem 100%: os laterais Marcinho, Guilherme Santos e Lucas Barros e os atacantes Luís Henrique e Pedro Raul. Por outro lado, o técnico Paulo Autuori poderá contar com o goleiro Gatito Fernández, recuperado das dores na coxa direita que o incomodavam há pouco mais de uma semana.

Já o atacante Salomon Kalou está outra vez à disposição para a equipe titular. O marfinense viajou à França para a formatura na Escola de Negócios de Lyon e voltou no domingo (13) pela manhã, a tempo de ser relacionado. Ele entrou no segundo tempo e fez a jogada do gol do atacante Matheus Babi. O provável Alvinegro nesta quinta terá: Gatito; Marcelo Benevenuto, Rafael Forster e Kanu; Kevin, Caio Alexandre, Keisuke Honda e Victor Luís; Bruno Nazário, Matheus Babi e Kalou.

Será o primeiro encontro entre Botafogo e Vasco em uma Copa do Brasil. Na atual edição, os rivais têm campanhas semelhantes. O Glorioso está invicto, com dois empates (Caxias e Náutico, tendo vencido o Timbu nos pênaltis) e duas vitórias sobre o Paraná. O Cruz-Maltino ganhou duas vezes (ABC e o jogo de volta contra o Goiás, avançando nas penalidades), empatou com Altos-PI e sofreu uma derrota, na partida de ida com o Esmeraldino.

Juventude e CRB
O primeiro embate desta quinta (17) começa às 16h: o Juventude (RS) recebe o CRB (AL) no Alfredo Jaconi, em Caxias do Sul (RS). É outro duelo entre equipes que se enfrentaram há pouco tempo, mas pela Série B do Campeonato Brasileiro. Em 8 de agosto, alviverdes e alvirrubros jogaram logo na primeira rodada, também em Caxias do Sul (RS), e os gaúchos levaram a melhor: 2 a 1, com gols do meia Renato Cajá e do atacante Breno Lopes – o centroavante Léo Gamalho descontou para os alagoanos.

O Juventude chega para o confronto sem ter vencido uma única partida nesta Copa do Brasil. Foram quatro empates. No primeiro deles, com o Coruripe-AL (0 a 0), o Verdão avançou por ser o mais bem colocado no ranking da Confederação Brasileira de Futebol (CBF) – mesmo critério que classificou o Vasco contra o Altos-PI. Depois, ante XV de Piracicaba (1 a 1) e América-RN (mais duas igualdades por 1 a 1), a vaga foi conquistada nos pênaltis. Os gaúchos foram campeões do torneio em 2000, diante do Botafogo.

Já o CRB, que na fase anterior eliminou o Cruzeiro com uma vitória (2 a 0, no Mineirão) e um empate (1 a 1, em Maceió), passou antes por Independente-PA (3 a 2) e Paysandu (1 a 1 no tempo normal, com os alagoanos avançando nas penalidades). O time alvirrubro tenta chegar pela primeira vez às oitavas de final da competição.

Com informações da Agência Brasil