Brasil fecha 1,1 milhão de postos de trabalho com carteira em dois meses

Foto: Hugo Barreto

Os dados do Cadastro Geral de Empregados e Desempregados (Caged), divulgados nesta quarta-feira (27), pelo Ministério da Economia, mostram que o país fechou 1,1 milhão de postos de trabalho com carteira assinada nos meses de março e abril deste ano.

O resultado é o pior desde 1992, quando teve início a série histórica do Caged. À época, o Brasil havia fechado 142 mil postos de trabalho no mesmo período.

O impacto é explicado pelas ações de isolamento e distanciamento social. A medida é crucial para conter o avanço da Covid-19, doença causada pelo novo coronavírus.

Em março e abril de 2020, houve 2.760.754 contratações e 3.085.927 demissões no país. Apenas em abril, foram fechados 860 mil postos de trabalho — pior resultado em 29 anos.

Leia a matéria completa no site Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta