Burger King deve pagar R$ 1 milhão por oferecer sanduíche em vez de arroz e feijão a funcionários

O Tribunal Regional do Trabalho da 18ª Região condenou a rede de fast food Burger King a pagar uma indenização coletiva de mais de R$ 1 milhão a 586 funcionários e ex-funcionários da companhia em Goiânia.

De acordo com o processo, em vez de fornecer refeições contendo arroz, feijão, carne, verdura e salada, como determinado em acordo coletivo da categoria, a empresa oferecia os próprios sanduíches como alimentação diária dos funcionários.

A ação foi movida pelo Sindicato dos Empregadores no Comércio Hoteleiro e Similares no Estado de Goiás (Sechseg), em 2016. O órgão informou que montante já foi depositado e que as centenas de beneficiários podem procurar a instituição para receber a indenização proporcional ao tempo de serviço de cada um. Uma lista com quem tem direito está disponível no site do Sechceg.

Fonte: Bhaz

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui