Brasil

Caboclo se diz inocente, nega intenção de demitir Tite e promete voltar à CBF

Foto: Lucas Figueiredo/CBF

Rogério Caboclo, presidente afastado da presidência da CBF pela Comissão de Ética da entidade devido a uma acusação de assédios moral e sexual feita por uma funcionária, quebrou o silêncio. Em entrevista à ESPN, ele falou sobre o ambiente tumultuado da Seleção Brasileira, negando uma série de informações de que teria problemas com o técnico Tite e com o grupo de jogadores.

“Os jogadores nunca falaram em boicotar a Copa América, em nenhum momento isso aconteceu. E eu nunca quis trocar o Tite, a comissão técnica. Nós estaremos todos juntos na Copa de 2022, e para vencer”, disse o dirigente ao repórter Rodrigo Bueno.

Confira a matéria completa no Metrópoles, parceiro do Manaus Alerta