Cachorro é esfaqueado por vizinho que se irritou com latidos

Foto: Divulgação

Um cachorro ficou ferido ao levar uma facada na cabeça após se soltar da corrente e o vizinho se irritar com os latidos do animal. A ocorrência foi registrada no Pôr do Sol, na terça-feira (16).

De acordo com o tutor do cão Thor, ele tentou defender o animal de estimação, quando ele se soltou e se estranhou com outro cachorro na rua, em frente à casa do vizinho.

“Moramos numa chácara que não tem muro. No momento em que eu fui colocar comida para ele, por volta das 22h30, o Thor se agitou e acabou se soltando da corda que estava preso na garagem”, explicou o supervisor de atendimento Evandro da Silva Almeida Magalhães, 34 anos.

“Ele começou a brigar com um cachorro de rua e bateu no portão do vizinho. Pedi para o meu filho de 6 anos voltar em casa e pegar um cabo de vassoura para eu tentar apartar a briga. Foi quando o homem saiu com um facão, começou a me xingar de safado e vagabundo e deu uma pancada no meu cão. A briga com o outro cachorro continuou e o vizinho abriu a cabeça do Thor com a faca”, acrescentou.

Depois que o cão caiu no chão, o homem ainda o ameaçou, afirma Evandro. Foi quando ele pegou Thor e o filho e correu de volta para casa.

A Polícia Militar do Distrito Federal (PMDF) foi acionada e Evandro prestou queixa na 23ª Delegacia de Polícia (PSul).

Os tutores levaram Thor para uma clínica veterinária em Ceilândia Sul, onde passou por cirurgia e está internado. As despesas com a recuperação já somam mais de R$ 1 mil. O tutor, no entanto, não tem condições de arcar com o valor e está pedindo ajuda.

“O Thor está conosco há dois anos. Ele foi abandonado atrás de uma parada de ônibus e o adotamos. Temos muito carinho por ele. Foi tudo muito assustador. Queremos que ele se recupere e volte pra casa. Ele late, mas nunca mexeu com ninguém. Já conseguimos arrecadar R$ 520 de doação e ainda falta o restante. Esperamos conseguir tudo.”

Quem quiser ajudar Evandro com as despesas do cão, pode entrar em contato com o telefone (61) 98288-4630.

As informações são do Metrópoles, parceiro do Portal Manaus Alerta