Cadela é ferida no focinho com terçado e autor é indiciado por maus-tratos, em Manaus

foto: Erlon Rodrigues

Um homem foi indiciado pela Polícia Civil do Amazonas (PC-AM), por maus-tratos contra um animal. Segundo informações da polícia, o suspeito deu um golpe de terçado no focinho da cadela, no bairro Redenção, na última sexta-feira (4). Em outra ocorrência, um segundo homem também foi indiciado por maus-tratos, depois que cachorros foram encontrados em condições ruins, no bairro Nossa Senhora de Fátima, na última quinta-feira (3).

De acordo com informações do delegado titular da Delegacia Especializada em Crimes contra o Meio Ambiente (Dema), na sexta-feira, a equipe de investigação Dema recebeu a informação de que um homem havia ferido o focinho de uma cadela, com um terçado, no momento em que se dirigia para fazer limpeza de um terreno, no bairro Redenção. Como o suspeito não estava em flagrante, ele foi apenas conduzido à sede da especializada, onde foi indiciado pelo crime.

Situação precária

foto: Erlon Rodrigues

Na quinta-feira, Herbert Lopes, a primeira ocorrência se deu em parceria com a Delegacia Especializada em Crimes contra o Idoso (DECCI), que deflagrava a operação “Vetus”, na manhã de sexta-feira (4), quando em uma das casas que era alvo da operação, que apurava denúncias de violência contra idosos, os policiais encontraram animais em situação precária. No local, três cachorros extremamente debilitados foram encontrados.

“Nos deslocamos até a residência do cidadão que recebeu voz de prisão tanto pelos maus-tratos a uma idosa, descumprimento de medida protetiva, como também ele recebeu voz de prisão e foi indiciado por crimes de maus-tratos a animais”, explicou o delegado. O homem preso em flagrante foi identificado como Eliseu Gaitan.

Em seguida, os policiais acionaram a Comissão de Meio Ambiente, Proteção aos Animais e Desenvolvimento Sustentável da Assembleia Legislativa do Estado do Amazonas (Caama/Aleam) e solicitaram o apoio da ONG PATA, que fez o resgate dos três animais debilitados.

De janeiro a outubro de 2020, foram registrados 384 boletins de ocorrência referentes ao crime de maus-tratos a animais silvestres ou domésticos. Os dados são da Secretaria de Segurança Pública (SSP-AM).

Denúncia

Crimes contra os animais podem ser denunciados no site da Delegacia Interativa (www.delegaciainterativa.am.gov.br), ou, ainda, de forma anônima por meio do 181, o disque-denúncia da SSP-AM.

A Dema está localizada na rua 27 de Novembro, 26, bairro Compensa, zona oeste. Os números para contato são (92) 3239-3840 e 99962-2340.

Com informações da assessoria