Câmara realiza audiência para debater alto índice de suicídio entre policiais militares

Avatar
Postado por Jamil Maciel

A Comissão de Segurança Pública e Combate ao Crime Organizado, da Câmara dos Deputados, sediará nesta terça-feira (30), uma audiência pública para debater os altos índices de transtornos mentais que se tornam gatilhos para suicídios cometidos por policiais militares em todo Brasil.

O encontro foi requerido pelo deputado federal Capitão Alberto Neto (Republicanos/AM). Isso porque estudos realizados pelo Grupo de Estudo e Pesquisa em Suicídio e Prevenção (GEP e SP) mostram que 80% dos policiais não se sentem reconhecidos pela sociedade nem pelos seus superiores.

“As políticas de segurança pública não incluem a saúde mental dos agentes e militares. Na maioria dos casos, esses profissionais, vivem à margem dos programas existentes na área”? disse Alberto Neto.

Confirmaram presença na audiência pública Marlon Jorge Teza (Fenema), Cel Carlos Alberto de Araújo Gomes, Sgt Leonel Lucas (ANERMB), Dayse Assunção Miranda (GEPeSP) e Sandro Abel Barradas (Depen).

Com Informações da Assessoria de Imprensa


Deixe um comentário