Capitão Carpê desmente rumores sobre não assinatura para instauração da CPI da AM Energia

Foto: Divulgação

A proposta de criação de uma Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) na Câmara Municipal de Manaus (CMM) para apurar denúncias de práticas abusivas cometidas pela concessionária Amazonas Energia, apresentada pelo vereador Rodrigo Guedes (PSC) já conta com 18 assinaturas.

Nas redes sociais, muitas pessoas indagaram sobre uma possível “não assinatura” do vereador Capitão Carpê Andrade em favor da iniciativa.

Por meio de nota, o parlamentar informa que se trata de fake news, tendo em vista que o processo de instauração de comissão parlamentar de inquérito – CPI é complexo e necessita da adesão de um determinado número de parlamentares de acordo com o regimento da casa.

Confira a nota:

Em atenção a mensagens que tem circulado em redes sociais atribuindo ao Vereador Capitão Carpê a não assinatura ao requerimento de instauração de CPI da concessionária Amazonas Energia, vem esclarecer o seguinte:

Trata-se de Fake News. O processo de instauração de comissão parlamentar de inquérito – CPI é complexo e necessita da adesão de um determinado número de parlamentares de acordo com o regimento da casa. Também de acordo com o regimento as assinaturas podem ser efetivados tanto de forma física como por meio virtual. Vereador Capitão Carpê é favorável a todo e qualquer movimento que vise defender interesse da população e já assinou ao mencionado requerimento de forma virtual. Portanto, trata-se de fake News a informação de que não assinou.

O vereador reafirma que o seu compromisso é com a população de Manaus.

Com informações da assessoria