Carlos Decotelli pede demissão do Ministério da Educação, diz TV

Foto: Marcos Corrêa/PR
Manaus Alerta
Postado por Manaus Alerta

O professor e economista Carlos Alberto Decotelli que foi nomeado recentemente como ministro da Educação, acaba de entregar carta de demissão, ao presidente Jair Bolsonaro, na tarde desta terça-feira (30). A passagem de Decotelli  ficou marcada por se envolveu em polêmicas com o seu currículo, onde algumas instituições contestaram algumas formações acadêmicas e experiência.  A informação foi divulgada pela Band News.

Como foi o caso de um doutorado não reconhecido pela Universidade de Rosário, na Argentina, e mais recente, a Fundação Getúlio Vargas, negou que ele tenha sido professor ou pesquisador na FGV. Ao todo foram ao menos, quatro pontos duvidodosos em seu currículo Lattes, na plataforma CNPQ.

Decotelli foi anunciado por Bolsonaro, na última quinta-feira (25). Menos de uma semana depois, redigiu entregou seu pedido de demissão ao presidente, no Palácio do Planalto, que por sua vez, até o momento desta postagem ainda não anunciou oficialmente a saída. Bolsonaro também ainda não havia se pronunciado.

Portal Manaus Alerta