Carreata inspira civismo em Manaus

foto: divulgação

Pátria, família e união verdadeira pelo Brasil. Esse foi o mote da “Carreata da Independência”, evento realizado pelo movimento Direita Amazonas, na tarde desta segunda-feira (7), por ocasião do Dia 7 de Setembro.

A carreata prestou homenagem às Forças Armadas, Forças Auxiliares e entidades da sociedade, que tradicionalmente participam do desfile no Centro de Convenções de Manaus, o Sambódromo.

O evento tradicional foi cancelado pelo Ministério da Defesa como parte do protocolo de segurança adotado para combater a disseminação do vírus, a fim de reduzir a velocidade de disseminação da covid19 no país.

Durante o percurso, que foi da Avenida das Torres, próximo ao bairro do Parque das Laranjeiras, na Zona Centro Sul de Manaus, até o Centro, houve inúmeras manifestações de apoio à carreata. Com a mão direita sobre o peito, manifestantes e a população se uniram para cantar o hino nacional e também celebrar a bandeira, símbolos maiores da pátria.

Em um dos momentos mais emocionantes do percurso, ainda na Avenida das Torres, o Corpo de Bombeiros realizava uma ação de combate ao fogo, quando os organizadores da carreata tocaram o hino da Polícia Militar do Amazonas, batendo continência para os heróis de farda.

“A carreata foi excelente, as pessoas participaram de forma espontânea e a realização do evento foi totalmente orgânica”, celebrou o presidente do Direita Amazonas, Aroldo Filho.

O ato cívico encerrou com o hasteamento da bandeira brasileira na Praça do Congresso. Participaram os integrantes da carreata e de dezenas de pessoas que estavam no local naquele momento.

Com informações de assessoria