Polícia

Casal que matou grávida e arrancou bebê da barriga será transferido para Manaus

Eles serão levados ao 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP)- foto: divulgação
Redação
Postado por Redação

O casal Alex da Silva Carvalho, 18, e Joelma Queila Santana da Silva, 22, autores de homicídio duplamente qualificado, ocorrido na madrugada da última quinta-feira (19), em São Sebastião do Uatumã, que teve como vítima uma jovem de 20 anos, grávida de 37 semanas, chegam a Manaus na tarde desta sexta-feira (20), após serem presos no município de Itapiranga. Joelma estava com o recém-nascido do sexo masculino, filho da vítima.

Veja também: Chacina: 2 irmãos e 1 primo são mortos a tiros na Betânia

De acordo com o delegado Mateus Moreira, diretor do Departamento de Polícia do Interior (DPI), após o crime, que ocorreu em São Sebastião do Uatumã, a dupla empreendeu fuga para o município de Itapiranga. As equipes de investigação da 38ª e 44ª Delegacias Interativas de Polícia (DIPs). Após diligências, os criminosos foram localizados e presos, no momento do desembarque na orla de Itapiranga.

Conforme o delegado João Cabral, titular da 38ª DIP, a transferência dos criminosos para a capital foi solicitada à Justiça em razão da comoção gerada na cidade, após o crime bárbaro. “A remoção foi necessária pois os infratores estavam sofrendo represália por parte da população itapiranguense e até dos próprios detentos, custodiados na delegacia”, declarou Cabral.

Mateus Moreira informou, ainda, que o casal, ao chegarem na capital, serão levados ao 12º Distrito Integrado de Polícia (DIP), no Conjunto Parque das Laranjeiras, bairro Flores, onde irão permanecer temporariamente, à disposição da Justiça.

Leia mais: No AM, mulher matou grávida e arrancou bebê da barriga porque não conseguia engravidar

Comentários

Deixe um comentário