Catadores recolhem mais de 1 tonelada de resíduos recicláveis, em Manaus

48
Foto: Divulgação/Semulsp

Mais de 1 tonelada de resíduos recicláveis foi recolhida por quatro grupos de catadores durante os quatro dias do evento Passo a Paço 2019 da Prefeitura de Manaus, organizado pela Fundação Municipal de Cultura, Turismo e Eventos (Manauscult), que aconteceu no último final de semana no Centro Histórico de Manaus.

O evento, que contou com a parceria dos grupos Aliança, Ecocooperativa, Ascarmam e Recicla Manaus, mobilizou, no total, 40 catadores profissionais, sendo 10 para cada dia de feira. Além disso, equipes da Secretaria Municipal de Limpeza Urbana (Semulsp) deram apoio e efetuaram a limpeza, antes, durante e imediatamente após o encerramento do Passo a Paço.

“A inserção dos catadores em todos os grandes eventos da Prefeitura de Manaus foi um desafio assumido pelo prefeito Arthur Virgílio Neto desde o início de sua gestão. Hoje, seguimos o modelo de parceria da coleta seletiva solidária que deu certo e vem sendo replicado em datas como Carnaval, Réveillon e outras festas do calendário municipal”, lembrou o secretário da Semulsp, Paulo Farias.

As equipes coletaram um total de 1.014 quilos de resíduos, sendo 509 quilos de garrafas pet, 289 quilos de latinhas de alumínio, 72 quilos de plástico e 144 quilos de papelão. No ano passado, o total coletado ficou em 358 quilos em dois dias de festa. “Esse resultado significa que mais de 1 tonelada de resíduos deixou de ir para o aterro municipal e gerou renda para mais de 40 famílias, o que é muito positivo para o mercado da reciclagem e para o município”, disse Paulo Farias.

Para o subsecretário da Semulsp, Eisenhower Campos, a participação dos catadores em eventos de grande participação popular é importante na medida em que insere esses profissionais nas políticas públicas do município. “A população vê que eles estão mobilizados e organizados como categoria e ganham credibilidade junto ao mercado, para escoar seus produtos”, avaliou.

Os 40 catadores receberam também uma diária pelo serviço, paga pelos patrocinadores do evento, seguindo o modelo de parceria público-privada que vem sendo realizada desde 2014.

*Com informações da assessoria